Quinta-Feira 23/05/2024 08:21

Cresce no mercado expectativa por corte de 0,75 p.p. nas próximas decisões do Copom

Brasil - Economia - Taxa Selic

Banco Central iniciou ciclo de queda de juros com corte acima do esperado. Selic caiu de 13,7% para 13,25%

Roberto Campos Neto: depósitos voluntários são um instrumento que dão muita flexibilidade ao BC (Getty Images/Blomberg)

 

A surpreendente decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de reduzir a taxa Selic em 0,50 ponto percentual (p.p.) para 13,25% aumentou as expectativas por quedas de juros ainda mais intensas. Um eventual corte de 0,75 ponto percentual, até então fora de cogitação, entrou de vez nos cenários traçados por economistas — ainda que com um menor grau de probabilidade.

A decisão da noite de quarta-feira, 2, marcou o início do ciclo de corte de juros no Brasil. Até antes da decisão, o mercado seguia divido entre um corte de 0,25 p.p. e um de 0,50 p.p., que era tido como menos provável. Divido também foi reunião do Copom. Dos 9 membros votantes, 4 votaram por um corte mais brando, enquanto os outros 5 sustentaram o ajuste mais agressivo. O corte de 0,5 p.p. teve o apoio de Gabriel Galípolo e Ailton de Aquino, indicados pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e do presidente do Banco Central. Roberto Campos Neto.

A magnitude dos próximos cortes

O comunicado do BC foi de que a magnitude do corte deverá ser repetida nas próximas reuniões. A decisão e a indicação que os próximos cortes de juros serão na mesma magnitude deverão levar a taxa de juros Selic para 11,75% no fim do ano, abaixo do projetado pelo consenso do Focus, de 12% para o fim de 2023. Há grande expectativa, portanto, de que o consenso do Focus seja revisado para 11,75% já na próxima divulgação, passando a incorporar o corte acima do esperado desta semana.

Mas a possibilidade de cortes ainda mais intensos até o fim do ano já começam ganhar força. Apesar dos rumores de que a decisão por um corte mais agressivo teria influência política do governo, na avaliação de Vitor Martello, economista da gestora Parcitas, a decisão foi puramente técnica.

"Os diretores que votaram por um corte de 0,25 p.p. deram peso maior ao nível de atividade mais resiliente, enquanto os outros deram um peso maior à inflação corrente. Pelo critério da inflação corrente, haveria espaço para cortes ainda maiores, de 0,75 ponto percentual", disse Martello. "Acho mais prudente manter o ritmo de 0,50 p.p. por reunião, mas o mercado deverá começar a forçar o BC a fazer 0,75 p.p. de corte."
 
De acordo com o comunicado do Copom, houve unanimidade entre os membros (mesmo entre os que votaram por um corte mais brando) de manter o ritmo de 0,5 p.p. nas próximas reuniões. A avaliação é de que esse seria "o ritmo apropriado para manter a política monetária contracionista necessária para o processo desinflacionário". O trecho, segundo Ivo Chermont, economista-chefe da Quantitas, simboliza uma tentativa de o BC conter o ímpeto do mercado por cortes mais agressivos nas próximas reuniões. 

"Tentaram esvaziar o debate do corte de 0,75 p.p. e manter o ritmo mais gradual de queda de juros, sem grandes surpresas. A menos que os dados venham muito fora do esperado, deveremos ter alguma monotonia nas próximas decisões. Acredito que o mercado ficará dividido entre cortes de 0,5 p.p. e 0,75 p.p., mas acredito que as probabilidades serão concentradas nos cortes de 0,50 p.p.", disse em nota.

João Savignon, head de pesquisa macroeconomica da Kínitro, também avalia que o mais provável é o Banco Central manter o ritmo de queda de juros em 0,50 ponto percentual, mas não descarta a possibilidade de uma intensificação no ciclo de cortes.
 
Em sua avaliação, o Copom poderia acelerar o passo, caso o ambiente econômico se mostre propício. "Isto é, se houver uma continuidade do menor risco doméstico, com o avanço das pautas econômicas na volta do recesso parlamentar, novas indicações de elevação do rating soberano, apreciação do câmbio, ou novos recuos das expectativas de inflação e das medidas de inflação mais sensíveis ao ciclo econômico."

Exame.com

Comitê de Política Monetária (Copom) economia, taxa selic

Compartilhar faz bem!

Eventos

  • 1º Encontro dos Amigos da Empaer

    1º Encontro dos Amigos da Empaer

    Cidade:Dourados
    Data:29/07/2017
    Local:Restaurante / Espaço Guarujá

  • Caravana da Saúde em Dourados II

    Caravana da Saúde em Dourados II

    Cidade:Dourados
    Data:16/04/2016
    Local:Complexo Esportivo Jorge Antonio Salomão

Veja Mais Eventos

Balcão de Oportunidades / Empregos(Utilidade Pública)

Não é cadastrado ainda? Clique aqui

Veja todas as ofertas de vagas

Cotações

Indisponível no momento

Universitários

Serviço Gratuito Classificados - Anúnicios para Universitários
Newsletter
Receba nossa Newsletter

Classificados

Gostaria de anunciar conosco? Clique aqui e cadastre-se gratuitamente.

  • Anúncios

Direitos do Cidadão

Escritório Baraúna-Mangeon Faça sua pergunta
  • Tem uma senhora dai de Campo Grande que é uma estelionatá...Tem uma senhora dai de Campo Grande que é uma estelionatária aqui em Cuiabá, levou muita grana nossa, e uma eco esporte. Ela se chama LEUNIR..., como faço pra denunciar ela aí nos jornais?Resp.
  • Boa tarde, minha sogra teve cancer nos seios e retirou um...Boa tarde, minha sogra teve cancer nos seios e retirou um eo outro parcial ja faz um bom tempo que nao trabalha e estava recebendo auxilio doença mas foi cancelada e ja passou por duas pericias e nao consegui mais , sera que tem como ela aposentar?Resp.
  • quanto porcento e o desconto para produtor rural hoje out...quanto porcento e o desconto para produtor rural hoje outbro de 2013Resp.
  • meu irmao cumpriu dois ano e meio de pena foi asolvido 7 ...meu irmao cumpriu dois ano e meio de pena foi asolvido 7 a zero caso ele tenha alguma condenacao esse 2 anos e meio pode ser descontadoResp.
  • gostaria de saber se ae em muno novo vai ter curso pilota...gostaria de saber se ae em muno novo vai ter curso pilotar maqunas agricolas?? se tiver como fasso pra me escreverResp.
+ Perguntas

Espaço do Leitor

Envie sua mensagem:
Sugestões, críticas, opinião.
  • iraci cesario da rocha rocha

    Procuro minha irmã Creusa Maria Cesario ela era de Dracena SP , minha mãe esta idosa 79 anos precisa ver ela se alguem souber nos avisa ..contato 018 996944659 falar com Iraci ..minha irmã foi vista nessa região

  • iraci cesario da rocha rocha

    Boa noite , estou a procura da minha irmã Creusa Maria Cesario desapareceu ha 30 anos , preciso encontrar porque minha mãe esta com 79 anos e quer ver , ela foi vista ai por essa região , quem souber nos avise moramos aqui em Dracena SP

  • maria de lourdes medeiros bruno

    Parabéns, pelo espaço criado. Muito bem trabalhado e notícias expostas com clareza exatidão. Moro na Cidade de Aquidauana e gostaria de enviar artigos. Maria de Lourdes Medeiros Bruno

  • cleidiane nogueira soares

    Procuro por Margarida Batista Barbosa e seu filho Vittorio Hugo Barbosa Câmara.moravam em Coração de Jesus MG nos anos 90 .fomos muito amigos e minha família toda procura por notícias suas.sabemos que voltaram para Aparecida do Taboado MS sua cidade natal

  • Simone Cristina Custódio Garcia

    Procuro meu pai Demerval Abolis, Por favor, me ajudem.Meu telefone (19) 32672152 a cobrar, Campinas SP.

+ Mensagens