Quarta-Feira 27/10/2021 19:10

Reivindicada no Governo Presente, pavimentação da MS-386 começa a mudar o cenário entre Japorã e Iguatemi

Ações Públicas - Pavimentação

Fotos: Divulgação

Na MS-386 a estrada de chão começou a ser parte do passado. O Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), está executando a obra de pavimentação de 39 quilômetros de extensão entre os municípios de Iguatemi e Japorã, numa importante rodovia para os produtores rurais, assentados e indígenas.

O asfaltamento dessa rodovia foi a principal reivindicação apresentada pelas lideranças políticas e pela comunidade de Japorã, durante a quinta etapa do Governo Presente, realizada em Naviraí no final de outubro do ano passado. O asfalto começou a mudar o cenário de uma rota importante para pecuaristas e agricultores da região.

São mais de R$ 60 milhões investidos nesse projeto, selando mais uma promessa do governador Reinaldo Azambuja. O início da obra foi comemorado pelas lideranças políticas e do setor rural em maio deste ano, em reunião realizada no Distrito de Jacareí. Durante o encontro, o prefeito de Japorã, Paulo César Franjotti, afirmou que a obra era esperada há décadas pela comunidade.

O sonho de décadas dos moradores da região entre Japorã e Iguatemi vai tomando forma, à medida que as obras avançam

Há 35 anos o produtor rural Luiz Venâncio da Silva enfrenta a estrada de chão, sonhando com o alívio que o asfalto traria um dia. "Estou há 35 anos sofrendo. Passar a máquina já não adiantava mais. Com o movimento intenso de caminhões, a estrada ficava ruim já no dia seguinte depois da manutenção. Só temos a agradecer ao governador por essa obra", disse.

Segundo Luiz, além de dar outro significado ao tráfego de veículos, a pavimentação da MS-386 trará consequências como aumento de produção, estímulo aos produtores, entre outros benefícios. "Tudo vai melhorar. O produtor pode trazer mais calcário, o que vai ajudar nas plantações, isso também vai estimular as pessoas que têm terra aqui, mas não estão apostando nelas e outras tantas benfeitorias", afirmou o produtor que tem ajudado nas obras. "Estou cedendo terra vermelha e um espaço para depósito de pedra nas minhas propriedades. Faço o que eu posso para ajudar".

A obra teve início em maio de 2020, iniciando o asfalto pelo município de Iguatemi, onde já foram feitos 3,7 quilômetros de pavimentação. Agora, os trabalhos avançam pelo outro lado, por Japorã. O prazo para conclusão do serviço é dezembro de 2021, totalizando 600 dias consecutivos.

Uma área indígena está localizada na MS-386, exatamente no trecho da obra.  De acordo com a Diretoria de Empreendimentos Viários (Demv) da Agesul, por conta dessa questão o trabalho tem o envolvimento também o Ibama, Imasul e Funai, órgãos competentes no atendimento a essas comunidades. 

São 10 quilômetros de área indígena, que começam próximo ao município de Iguatemi. Esses serão os últimos quilômetros a receberem a capa asfáltica.  

A pavimentação da MS-386 faz parte do pacote de obras do Governo do Estado denominado “Governo Presente”. Apenas para infraestrutura, está previsto investimento de R$ 1,8 bilhão, além das ações em outras áreas, totalizando mais de R$ 4,2 bilhões para atender todos os 79 municípios do Estado.

Portal do MS/KV

Compartilhar faz bem!

Eventos

  • Café da Manhã da FAEMS

    Café da Manhã da FAEMS

    Cidade:Campo Grande
    Data:19/09/2011
    Local:ACICG - Associação Comercial de Campo Grande

Veja Mais Eventos

Balcão de Oportunidades / Empregos(Utilidade Pública)

Não é cadastrado ainda? Clique aqui

Veja todas as ofertas de vagas

Cotações

Indisponível no momento

Universitários

Serviço Gratuito Classificados - Anúnicios para Universitários

Tempo / Clima

Newsletter
Receba nossa Newsletter

Classificados

Gostaria de anunciar conosco? Clique aqui e cadastre-se gratuitamente.

  • Anúncios

Direitos do Cidadão

Escritório Baraúna-Mangeon Faça sua pergunta
  • Tem uma senhora dai de Campo Grande que é uma estelionatá...Tem uma senhora dai de Campo Grande que é uma estelionatária aqui em Cuiabá, levou muita grana nossa, e uma eco esporte. Ela se chama LEUNIR..., como faço pra denunciar ela aí nos jornais?Resp.
  • Boa tarde, minha sogra teve cancer nos seios e retirou um...Boa tarde, minha sogra teve cancer nos seios e retirou um eo outro parcial ja faz um bom tempo que nao trabalha e estava recebendo auxilio doença mas foi cancelada e ja passou por duas pericias e nao consegui mais , sera que tem como ela aposentar?Resp.
  • quanto porcento e o desconto para produtor rural hoje out...quanto porcento e o desconto para produtor rural hoje outbro de 2013Resp.
  • meu irmao cumpriu dois ano e meio de pena foi asolvido 7 ...meu irmao cumpriu dois ano e meio de pena foi asolvido 7 a zero caso ele tenha alguma condenacao esse 2 anos e meio pode ser descontadoResp.
  • gostaria de saber se ae em muno novo vai ter curso pilota...gostaria de saber se ae em muno novo vai ter curso pilotar maqunas agricolas?? se tiver como fasso pra me escreverResp.
+ Perguntas

Espaço do Leitor

Envie sua mensagem:
Sugestões, críticas, opinião.
  • iraci cesario da rocha rocha

    Procuro minha irmã Creusa Maria Cesario ela era de Dracena SP , minha mãe esta idosa 79 anos precisa ver ela se alguem souber nos avisa ..contato 018 996944659 falar com Iraci ..minha irmã foi vista nessa região

  • iraci cesario da rocha rocha

    Boa noite , estou a procura da minha irmã Creusa Maria Cesario desapareceu ha 30 anos , preciso encontrar porque minha mãe esta com 79 anos e quer ver , ela foi vista ai por essa região , quem souber nos avise moramos aqui em Dracena SP

  • maria de lourdes medeiros bruno

    Parabéns, pelo espaço criado. Muito bem trabalhado e notícias expostas com clareza exatidão. Moro na Cidade de Aquidauana e gostaria de enviar artigos. Maria de Lourdes Medeiros Bruno

  • cleidiane nogueira soares

    Procuro por Margarida Batista Barbosa e seu filho Vittorio Hugo Barbosa Câmara.moravam em Coração de Jesus MG nos anos 90 .fomos muito amigos e minha família toda procura por notícias suas.sabemos que voltaram para Aparecida do Taboado MS sua cidade natal

  • Simone Cristina Custódio Garcia

    Procuro meu pai Demerval Abolis, Por favor, me ajudem.Meu telefone (19) 32672152 a cobrar, Campinas SP.

+ Mensagens